BlueBenx | Conta Digital

BlueBenx Pagamentos S.A

BlueBenx BlueBenx

Você conhece como o blockchain funciona?

01 de novembro 2019

Por: BlueBenx

O blockchain é uma tecnologia revolucionária, que está por trás do bitcoin e começando a ser empregada em diversos setores que perceberam o seu potencial e suas vantagens. Bancos, escritórios de advocacia, cartórios e diversos outros setores começam a usar essa tecnologia para trazer mais agilidade e confiabilidade para os processos. Mas, afinal, você sabe como o blockchain funciona?

A ideia por trás do blockchain

Vamos começar pelo básico. A ideia da tecnologia é ser um livro-razão público, ou seja, um livro contábil que é aberto para todos. Isso significa que quem faz parte do sistema, pode verificar todo o histórico de transações, de modo a garantir que nada é feito de forma indevida.

O bitcoin, a tecnologia mais conhecida que aplica o blockchain, é um ótimo exemplo. Como o livro-razão é aberto, o histórico de cada bitcoin é conhecido por todos, fazendo com que seja impossível fraudar uma transação. Não é possível fazer transações com bitcoins de fora do sistema, já que ela precisa ter feito parte do mesmo em algum momento.

O princípio básico do sistema

Com isso, chegamos ao princípio básico do blockchain, que é a descentralização do controle. Como o livro contábil está aberto a todos, é impossível modificar o conteúdo do blockchain, já que não existe um único ponto de ataque.

Para alterar o sistema, é preciso atacar o computador de todos os mineradores e usuários ao mesmo tempo. O que é, evidentemente, impossível.

Como funciona a blockchain?

Quanto ao funcionamento, essa tecnologia, como o nome indica, se baseia em uma cadeia dividida em blocos. Em cada bloco, existe uma interação e uma forma de identificar essa transação, como a data e a hora em que ela ocorre.

O conjunto de informações contido em um bloco é conhecido como hash.

Este dado contém as informações criptografadas do bloco, que no bitcoin são as transações. Mas, a graça é que cada um deles contém o hash do anterior. É esse conceito que faz com que exista a ideia da cadeia e que torna o blockchain inquebrável.

Então, se você quer adicionar um bloco novo, ele precisa compatível com as informações do anterior, que deve ser compatível com a do anterior a ele, e por aí vem. O que significa que na criação de um novo bloco, toda a rede verifica se as informações são compatíveis com a cadeia e, se sim, ele passa a fazer parte do sistema, tornando-o muito mais confiável.

Como os blocos são formados?

Para dar ainda mais segurança ao sistema, no caso do bitcoin, um novo bloco é formado a cada 10 minutos, ou seja, qualquer um que tente invadir o sistema precisa dominar a maioria de todos os computadores que o contém, quebrar o código da hash que é encriptado através de uma série de cálculos, em menos de 10 minutos. O poder computacional necessário para fazer isso é inimaginável.

O trabalho dos mineradores ou dos computadores que mantém a rede estável é “minerar”, ou seja, analisar o sistema para criar um novo bloco que seja compatível com todas as anteriores.

Ficou um pouco mais claro como funciona o blockchain? É uma tecnologia com aplicações muito interessantes.

Este website traz informações sobre produtos e serviços oferecidos no aplicativo BlueBenx, de forma exclusiva para clientes e membros do HUB – Aplicativo BlueBenx

O intuito deste website é meramente informativo e institucional, contendo informações gerais relacionadas às atividades da BlueBenx. Nenhuma informação contida neste website deve ser considerada como consultoria comercial, jurídica, financeira ou fiscal referente a qualquer produto ou serviço oferecido pela Bluebenx. A BlueBenx não se responsabiliza por quaisquer decisões que venham a ser tomadas com base nas informações disponíveis neste website, se eximindo de responsabilidade em razão de quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a ocorrer a partir da leitura desse material para tomadas de decisões.

As informações contidas neste website não constituem um prospecto ou documento de oferta pública de qualquer espécie e não se destinam a constituir uma oferta pública de valores mobiliários. As criptomoedas mencionadas neste site, inclusive aquelas que fazem parte do programa de recompensas da Bluebenx, não consistem em valores mobiliários e, portanto, não são regulados pela Comissão de Valores Mobiliários – CVM, nem constituem títulos emitidos por qualquer governo, autoridade central ou monetária, incluindo, mas não se limitando, ao Banco Central do Brasil.

O Usuário deve estar ciente de que as referidas criptomoedas não possuem qualquer garantia: (a) do Fundo Garantidor de Crédito – FGC; (b) de conversão para moedas oficiais, como o Real ou Dólar, ou para outros ativos digitais; e (c) de existência de lastro em ativos de qualquer espécie, responsabilizando-se o Usuário pelos riscos inerentes à aquisição de tais ativos. O usuário também deve estar ciente de que as transações com criptomoedas podem gerar perdas financeiras, em razão da sua própria natureza e da possível oscilação de seu preço. A BlueBenx, como intermediária, não tem qualquer controle sobre o preço dos ativos digitais, e não é responsável pela valorização ou desvalorização de tais ativos.

A disponibilidade dos produtos e serviços no aplicativo BlueBenx estão sujeitas a limitações jurisdicionais. A BlueBenx pode não oferecer determinados produtos ou serviços no aplicativo BlueBenx em certas jurisdições em razão de restrições regulatórias.

Em caso de dúvidas, por favor, entre em contato com a equipe BlueBenx pelos telefones: (11) 4130-1030/ 0800 520 0025 – nosso horário de atendimento é de segunda a sexta, das 09h às 18h (horário de Brasília). Ou fique à vontade para nos acionar por e-mail: atendimento@bluebenx.com. As dúvidas de nossos clientes são prioridade.

BBX Pagamentos S.A © Todos os direitos reservados 2021 | CNPJ: 36.455.737/0001-46 Fundação: 21/02/2020
Atividade econômica: 66.19399
Office Av Dr. Chucri Zaidan, 1550 Conjunto 2515 – 25º andar