Bitcoin, a moeda digital que está revolucionando o mercado financeiro global

O Bitcoin foi a primeira criptomoeda a ser inventada, seu surgimento e tecnologia foram inovações capazes de revolucionar alguns segmentos importantes do mercado financeiro. A mais conhecida das moedas digitais nasceu com a proposta de transformar a forma como usamos o dinheiro e facilitar as transações de pagamentos. O fato de ser descentralizada, mais acessível e segura tornou o Bitcoin uma reserva de valor com crescimento exponencial em todo o mundo.

Sua influência e popularidade vem aumentando em escala meteórica, de acordo com o Fórum Econômico Mundial, até 2027, mais de 10% de todo o PIB do planeta estará exposto no mercado de ativos digitais.


Compreender a razão da existência do Bitcoin, seu uso prático no dia a dia das pessoas, além das transações do mercado eletrônico e seu histórico de crescimento, são fatores fundamentais para analisar as possibilidades infinitas de negócios futuros. Desde 2016, a BlueBenx se dedica na criação de visões estratégicas sobre o mercado de criptomoedas, parte do resultado desta inteligência é demonstrada nestes indicadores.

"Para entender a invenção do Bitcoin não basta olhar para o que fazemos com o dinheiro físico hoje, mas para o que ainda não conseguimos fazer sem ele." Roberto Cardassi, CEO da BlueBenx.

Principais Indicadores

Receba este e outros relatórios, exclusivamente no seu e-mail.
Receba este e outros relatórios, exclusivamente no seu e-mail.

Metodologia

Metodologia

Selecionamos alguns dos indicadores mais relevantes sobre o Bitcoin, de acordo com a nossa visão, como uma forma de demonstrar características importantes deste mercado e sua interação com os grupos de interesse. 

Os critérios de análise, referências e períodos foram definidos internamente pela equipe de Inteligência Estratégica da BlueBenx, levando-se em conta o resultado de pesquisas privadas, referências em fontes confiáveis do setor e nas experiências de nossos colaboradores.

Os dados apresentados foram baseados em fatos históricos e já realizados pelo mercado, tratam-se de indicadores públicos e acessíveis a pesquisas livres na internet, sendo de responsabilidade de seus propagadores. Os dados disponibilizados não representam sugestão de investimento.

Pesquisa realizada pela fintech especializada no mercado de ativos digitais Bluebenx revela que os homens são a maioria (87,7%) entre os detentores de bitcoin.

Continue lendo

Esse ano o Brasil entrou para a lista de países que possuem juros negativos, ou seja, que são menores do que a inflação anual.

Continue lendo

“Se a crise do coronavírus se alastrar, pode gerar situação de risco para parceiros comerciais da China, como o Brasil”. Roberto Cardassi, CEO da BlueBenx.

Continue lendo

“Claramente foi o leilão de swap anunciado pra hoje que gerou esse movimento, mesmo que temporariamente, mas não está claro se essa queda vai permanecer”

Continue lendo

O ano de 2019 deixou claro que empresas de tecnologia e organizações financeiras multinacionais têm grande interesse em moedas próprias.

Continue lendo

É interessante observar que o corte da Selic corrige para baixo o rendimento da renda fixa, já que a Poupança, Tesouro Direto, CDBs, entre outro estão atrelados a taxa básica de juros.

Continue lendo

A criptomoeda mais famosa, vem despertando grande interesse nos brasileiros. Segundo dados do Google, foi registrado cerca de 1,2 milhões de buscas referentes aos bitcoins e altcoins e suas cotações no Brasil.

Continue lendo

Seguindo uma tendência mundial de juros baixos, o Copom (Comitê de Política Monetária) anunciou novo corte na taxa Selic. Com a redução de 0,5%, o Brasil passa a ter juros negativos, já que taxa básica é menor do que a inflação, 4% ao ano.

Continue lendo

BBx Insights

Temos como objetivo desmistificar, dar acesso e gerar credibilidade no mercado do futuro.

Quero saber mais